Investigado pela polícia por caso polêmico, (ex) morador de rua agora vive em festas de luxo com influencers e distribui até esmolas

Protagonista de um enredo que repercutiu nos quatro cantos do país, o (ex) morador de rua Givaldo Alves de Souza, de 48 anos, vive uma rotina que mais se assemelha à de uma celebridade do que de alguém sob suspeita de ter cometido um crime de estupro ou abuso de vulnerável. Socos, pontapés e muitas entrevistas depois, Givaldo já tem até conta no TikTok, com 522 mil seguidores, e no Instagram, onde o número de fãs já ultrapassa os 128 mil.  Numa de suas postagens mais recentes, a “vítima de um convite maravilhoso” — como ele se refere ao fato que lhe deu notoriedade — aparece curtindo a noite carioca.

 

Os dias tem sido movimentado. No último sábado (2), por exemplo, ele disse que foi convidado para a festa open bar Seu Vidal, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca (RJ). Givaldo tem se tornado popular até mesmo entre mulheres. A influenciadora digital Grazi Mourão, de 22 anos, que tem mais de 1,2 milhão de seguidores no Instagram, e ganha fortuna e popularidade na rede vendendo fotos sensuais na plataforma Only Fans, publicou registros ao lado do (ex) sem-teto, e um vídeo onde beija a boca dele. “Meu novo amiguinho”, escreveu.

 

Nas redes, Givaldo também aparece bebendo e dançando ao lado várias pessoas na festa de luxo. Em sua volta, garrafas de champanhe e espumante com velas acesas. Givaldo também ostenta um mergulho numa piscina de borda infinita com o mar ao fundo e, num outro vídeo, dá baforadas em um charuto. Em outra gravação, o sem-teto — ou ex-sem teto — aparece dando esmola a um morador de rua. Em outra, dança com uma mulher.

 

Além da oferta de cachês para fazer presença, Givaldo também ganhou perfil no site Memmo, plataforma que vende aos clientes mensagens personalizadas gravadas em vídeo por famosos. O morador de rua fez ainda uma tatuagem, que faz referência a uma passagem de Romeu e Julieta, de Shakespeare: “Só os mendigos conseguem contar quanto dinheiro têm”. Já teve até fã tatuando o rosto de Givaldo. Na sexta-feira (1), participou do Flow Podcast. Trechos de matéria publicada no O Globo

Compartilhar agora
X