Intacta após tempestade, imagem de Nossa Senhora das Graças intriga moradores e renova esperança em Petrópolis

Uma imagem de Nossa Senhora das Graças, que ficava posicionada em um dos muros de um condomínio em Petrópolis, no Rio de Janeiro, ficou intacta mesmo depois de parte da estrutura do residencial ter sido destruída depois dos deslizamentos que varreram a cidade na terça-feira, (15), e vitimou 152 pessoas, com 165 desaparecidas.

 

 

O condomínio foi construído em 1973 e a imagem está presente no local desde então. Ela recebia cuidados de uma moradora, Dona Maria, que – muito devota – dedicou seu tempo ao serviço até sua morte, ocorrida há seis anos. Os anos passaram e a imagem de Nossa Senhora das Graças permaneceu com a colaboração de outros residentes do condomínio.

 

 

A fotografia foi compartilhada nas redes sociais e viralizaram, sendo compreendida como um símbolo de força e fé nas buscas que ocorrem em meio aos escombros provocados pela lama que desceu das montanhas da Cidade Imperial.

 

 

“Maria sempre de pé, como esteve ao lado de Jesus na cruz”, disse um internauta. “Mãezinha, cuide dos seus filhos aqui na terra”, pediu outro.

Compartilhar agora
X