Falta bom senso e fiscalização: Orla de Juazeiro volta a registrar aglomerações neste final de semana

Com mais de 82,4 mil vidas tiradas pela doença em 30 dias e uma média móvel de óbitos acima da marca de 2,5 mil, abril de 2021 foi o mês mais letal da pandemia da covid-19 no Brasil. Apesar do início da vacinação, que até o momento atingiu apenas cerca de 15% da população (vacinada com a primeira dose), a pandemia segue descontrolada no país. E, mesmo com os números alarmantes, cenas que denunciam a falta de bom senso da população e de uma fiscalização mais intensa, são cada vez mais contantes, inclusive na cidade de Juazeiro-BA.

 

Neste final de semana, dezenas de pessoas foram flagradas desrespeitando as medidas de prevenção à covid na Orla II da cidade: grupo fazendo exibição de dança, plateia acompanhando as apresentações, e tantas outras pessoas sentadas na grama do espaço. Conforme mostram as imagens que circulam nas redes sociais, trata-se de um público jovem, que segundo dados recentes da Associação de Medicina Intensiva Brasileira, tornou-se maioria nas UTIS do país, cenário diferente do que vinha sendo notado desde o início da pandemia. A grande maioria está sem máscara, como é possível notar, visivelmente, no vídeo, e aglomerados.

 

O flagrante registrado neste final de semana revela ainda uma outra problemática: a falta de uma fiscalização mais intensa em espaços tradicionalmente movimentados, a exemplo da própria Orla II, que mesmo estando a poucos metros da sede da Guarda Civil Municipal, é palco, cada vez mais, da falta de bom senso e consciência de quem parece pouco se importar com o cenário de agravamento da pandemia no país, onde os leitos continuam superlotados, as novas cepas trazem incertezas e preocupação, e a vacinação segue a passos lentos, abaixo das expectativas geradas.

foto: reprodução

Compartilhar agora
X