Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro é preso no interior de São Paulo. Flávio comenta: “A verdade prevalecerá”

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro Fabrício Queiroz (PSL-RJ) foi preso em Atibaia (SP), região do Vale do Paraíba, na manhã desta quinta-feira (18). Queiroz estava em um imóvel de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro.

 

Os mandados de busca e apreensão e de prisão foram expedidos pela justiça do Rio de Janeiro, num desdobramento da investigação que apura esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). A prisão foi feita numa operação da Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo.

 

Policial Militar aposentado, Fabrício Queiroz é ex-assessor e ex-motorista de Flávio Bolsonaro (PSL). Ele movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada “atípica”, segundo relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf). Flávio comentou a prisão: “Encaro com tranquilidade os acontecimentos de hoje. A verdade prevalecerá! Mais uma peça foi movimentada no tabuleiro para atacar Bolsonaro. Em 16 anos como deputado no Rio nunca houve uma vírgula contra mim. Bastou o Presidente Bolsonaro se eleger para mudar tudo! O jogo é bruto!”

 

A  mulher, Márcia Oliveira de Aguiar, uma enteada e duas filhas do casal também estão sendo procuradas. Márcia trabalhou para o então deputado estadual Flávio Bolsonaro por 10 anos, entre 2007 e 2017. Ela era responsável pela estrutura do “filho 01” do presidente Jair Bolsonaro.

Compartilhar agora
X