Fábio Porchat e Danilo Gentili são acusados de pedofilia em cena de filme; entenda porquê

Danilo Gentili e Fabio Porchat estão envolvidos em uma polêmica por conta do filme “Como Se Tornar O Pior Aluno da Escola”, lançado pela Netflix em 2017. 5 anos depois, eles estão sendo acusados de promover a pedofilia em uma cena do filme. A discussão se tornou política após apoiadores do presidente Jair Bolsonaro criticarem o longa-metragem no Twitter, fazendo o assunto se tornar um dos mais comentados da rede social.

 

No filme “Como Se Tornar O Pior Aluno da Escola”, Fabio Porchat interpreta Cristiano, que possui desvios sexuais. Ele é dono do caderno que o ex-colega, interpretado por Danilo Gentili, roubou para escrever o “guia do pior aluno” e que vai parar nas mãos dos protagonistas. Na cena em questão, o personagem pedófilo afirma para os meninos: “A gente esquece tudo o que aconteceu e, em troca, vocês batem uma punheta para o tio”.

 

“Assim que tomei conhecimento de detalhes asquerosos do filme ‘Como se tornar o pior aluno da escola’, atualmente em exibição na @NetflixBrasil, determinei imediatamente que os vários setores do @JusticaGovBR adotem as providências cabíveis para o caso!!”, pediu o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres. O secretário Mário Frias também entrou no debate e afirmou que seguirá os passos do ministro. A deputada federal Carla Zambelli considerou o filme de Porchat e Gentili como “repugnante”.

 

Danilo rebateu as acusações. “O maior orgulho que tenho na minha carreira é que consegui desagradar com a mesma intensidade tanto petista quanto bolsonarista. Os chiliques, o falso moralismo e o patrulhamento vieram fortes contra mim dos dois lados. Nenhum comediante desagradou tanto quanto eu. Sigo rindo”, escreveu. Fábio Porchat não se pronunciou sobre o assunto até o fechamento desta matéria.

Compartilhar agora
X