“Estou rindo e nem aí, porque ela estava bêbada”, diz Robinho em gravação sobre caso que levou a sua condenação

Transcrições de interceptações telefônicas feitas com autorização judicial e tidas como fundamentais para a condenação em primeira instância, a nove anos de prisão, do jogador Robinho por violência sexual de grupo contra uma jovem, em 2013, que na época tinha 23 anos, foram reveladas nesta sexta-feira (16) pelo site GE. Segundo o Ministério Público, o grupo teria embebedado a jovem, que teria ficado inconsciente e sido levada para a chapelaria de uma boate, onde teria sido violentada múltiplas vezes por cinco homens, entre eles Robinho e Ricardo Falco, seu amigo.

 

De acordo com uma das transcrições, Robinho foi avisado da investigação pelo músico Jairo Chagas, que tocou na boate na mesma noite e afirmou: “Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabe nem o que aconteceu”. Numa outra conversa, o músico perguntou a Robinho se ele não transou com a mulher. O jogador nega, e Chagas diz: “Eu te vi quando colocava o pênis dentro da boca dela”. Robinho responde que “isso não significa transar”.

 

Robinho, até o momento, não é considerado culpado, já que o processo ainda está tramitando na Justiça italiana, composta por três instâncias. Somente depois de percorrer essas três fases, a sentença pode ser considerada definitiva, com absolvição ou condenação, e, neste caso, com o início do cumprimento da pena.

 

Na semana passada o jogador foi anunciado como reforço do Santos, clube que o revelou. O acordo foi oficializado no último sábado (10), no CT Rei Pelé, com duração de cinco meses, até o fim do Campeonato Brasileiro, em fevereiro de 2021. A contratação gerou revolta entre parte da torcida santista e usuários de redes sociais. O Santos, inclusive, chegou a perder um de seus patrocinadores. Orlando Rollo, o presidente do clube, no entanto, defendeu o jogador e afirmou que ele não deve ser punido antes do trânsito em julgado de seu processo.

foto: Ivan Storti/Santos FC

Compartilhar agora
X