“Estamos vivendo um finalzinho de pandemia”, diz Bolsonaro, em meio ao crescimento da média móvel de mortes

De acordo com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o Brasil está vivendo “um finalzinho da pandemia”. A declaração foi feita hoje (10), durante a inauguração do eixo principal da nova ponte do Guaíba, em Porto Alegre (RS). “Me permite falar um pouco do governo, que ainda estamos vivendo o finalzinho de pandemia. O nosso governo, levando-se em conta outros países do mundo, foi aquele que melhor se saiu, ou um dos que melhores se saíram na pandemia no tocante à economia” disse.

 

Entretanto, vale ressaltar, a média móvel de mortes por Covid-19 no Brasil teve a nona alta seguida e chegou a 640 nesta quarta-feira (9/12). É o maior resultado desde 6 de outubro. Na comparação com a taxa registrada há 14 dias, houve uma alta de 31,8%. Segundo o consórcio de veículos de imprensa, 22 das 27 unidades da federação enfrentam alta nas mortes por coronavírus.

 

Em números absolutos, o país registrou 836 óbitos em decorrência da Covid-19 e 53.453 novas infecções de coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o mais recente balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). No total, o Brasil já perdeu 178.995 vidas para a Covid-19 e computou 6.728.452 casos de infecção.

Compartilhar agora
X