“Em outubro, vamos voltar a aglomerar, abraçar e beijar”, promete secretário de Saúde do RJ

A meta do secretário Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, é que a cidade atinja a marca de 90% dos cariocas adultos vacinados contra a covid-19 nos próximos quatro meses. Em entrevista ao Metrópoles, Soranz ressaltou, entretanto, que o plano só dará certo se o Ministério da Saúde cumprir a promessa de repassar ao município vacinas suficientes para manter a aplicação semanal em 180 mil doses.

 

“Nós acreditamos na vacina. Importante mesmo é vacinar o mais rapidamente possível, para que a cidade possa se programar e retomar o jeito de ser carioca: estar próximo um do outro, abraçar, beijar e aglomerar. E isso será possível quando cumprirmos o plano de imunização”, disse o secretário durante a entrevista. Para que o cronograma tenha êxito, o secretário disse que acompanha em tempo real a atualização dos indicadores do município.

 

“A expectativa é de que a gente tenha um cenário bem melhor quando toda a população acima de 18 anos estiver vacinada. Com 40% de vacinados, a gente já vê reduções importantes, como a diminuição dos casos entre aqueles que já tomaram duas doses, também há redução no grupo que tomou uma dose apenas. Do grupo de 60 a 69 anos, por exemplo, que só recebeu uma dose, temos redução importante de hospitalizações”, pontua Soranz. Até o início da semana, a cidade do Rio de Janeiro já vacinou 2.323.033 pessoas com a primeira dose, e deste número, 969.248 receberam a segunda dose e fecharam o ciclo vacinal.

Compartilhar agora
X