Em entrevista, Safadão diz que população ligou o dane-se para a covid

Para o forrozeiro Wesley Safadão, o público já ligou o “dane-se” para a pandemia da covid-19. O cantor, ao defender a volta dos shows presenciais, disse ao site UOL que avalia que a população entendeu que, em algum momento, todos serão infectados, e ironizou que não acredita que as pessoas só “peguem covid depois de 20h, 22h, nos shows”, ao citar sobre a já reabertura de shoppings  e bares.

 

“A gente não pode ser privado, por isso levantei essa bandeira. Não quero ser o salvador da pátria, mas não estou fazendo só por mim. Eu tinha até opção de ficar quieto e não levar críticas. As pessoas perguntam: ‘Achou a cura?’ Eu digo: Nos shoppings acharam a cura? E nos aviões? E na praia”, protestou Safadão, que já teve covid-19.

 

O cantor se prepara para o seu próximo show, em Natal, marcado para o dia 21 de novembro. Wesley Safadão garante que adotará medidas de segurança. “Esse show [em Natal] vai ser uma forma de mostrar para outras cidades e estados que é possível voltar com segurança. Não é o ideal, mas já é um recomeço, um grande passo. Já tenho shows marcados em São Paulo, em dezembro, de forma reduzida também”, concluiu.

 

Safadão tem razão? Diz aí!

foto: reprodução/Instagram

Compartilhar agora
X