Em dezembro, Petrolina e Juazeiro tiveram o maior número de casos semanais desde o início da pandemia, diz levantamento

O mês de dezembro registrou o maior número de casos semanais desde o início da pandemia em Petrolina e Juazeiro, segundo levantamento do GMC-VASF, grupo de pesquisa da Univasf. De acordo com os números divulgados na noite desta sexta-feira, dia 11, foram confirmados 1.170 novos casos nas duas cidades na última semana.

 

A média móvel, comparada com os 14 dias anteriores, aumentou 47%. As taxas de ocupação das UTIs Covid na rede pública das duas cidades seguem acima de 50%. Houve também um aumento no número de reprodução (Rt) [Ideal é que fique abaixo de 1], que indica quantas pessoas, em média, podem ser infectadas por uma única pessoa com a doença em determinada data (Veja no segundo mapa).

 

 

Em 24 horas, Petrolina e Juazeiro registraram 218 novos casos da doença. O grupo ainda faz a observação que as análises disponíveis reforçam a recomendação de maior atenção nas medidas de distanciamento social e que ambos os municípios deveriam adotar medidas emergenciais de controle da pandemia.

 

VEJA BOLETIM ATUALIZADO DA COVID-19 EM PETROLINA E JUAZEIRO AQUI

Compartilhar agora
X