É falso que estudo demonstra que vacina contra Covid-19 pode afetar fertilidade masculina

Circula nas redes sociais que um estudo da Universidade de Miami comprova que a vacina contra a Covid-19 pode afetar a fertilidade masculina. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado.

 

A informação analisada pela Agência Lupa é falsa. Não há nenhum estudo completo que diga que a vacina pode afetar a fertilidade masculina. O único estudo já publicado pela Universidade de Miami trata, na verdade, dos efeitos da Covid-19 na fertilidade masculina — e não da vacina. Em novembro de 2020, pesquisadores da instituição demonstraram que o SARS-CoV-2 pode infectar o tecido testicular em alguns homens infectados. A instituição iniciou pesquisa para averiguar o efeito da vacina, mas os testes ainda estão na fase de recrutamento.

Compartilhar agora
X