DOEU AQUI: Homem mantém o braço direito levantado há quase 50 anos

Já imaginou passar 1 dia com o braço levantado, sem descansar? Que tal uma semana? E mais de 40 anos? Sim, é isso mesmo. Considerado um “Sadhu”, homem tido como sagrado pelos hindus e capaz de suportar terríveis provocações, Amar Bharati mantém o seu braço direito levantado há mais de 45 anos. Tudo começou em 1973, quando ele trabalhava em um banco indiano, era casado, tinha três filhos e levava uma vida modesta, e então decidiu dedicar a sua vida a Shiva, divindade hindu, e abandonou tudo.

 

Buscando seguir suas crenças religiosas à risca, ele decidiu, do nada, levantar o seu braço e mantê-lo assim enquanto em vida.  Segundo ele, o início da experiência foi bastante doloroso e, só após dois anos, a agonia e dor no braço começaram a diminuir. Atualmente, ele não sente nada no braço direito, que acabou atrofiado, e mesmo que quisesse baixá-lo, provavelmente não conseguiria, em função do dano permanente ao nervo e à perda da circulação.

 

Sempre em busca da perfeição, os Sadhus têm histórico de sacrifícios parecidos. Um outro caso na Índia dá conta de um homem que permaneceu anos com uma das pernas dobradas. “Eu não peço muito. Por que lutamos entre nós, por que existe tanto ódio e inimizade entre nós? Eu quero que todos os indianos vivam em paz. Quero que o mundo inteiro viva em paz”, disse Bharati em entrevista ao portal Unilad.

Compartilhar agora
X