Do N-6 para o mundo: o sucesso do petrolinense Vitor Fernandes, o ‘Rei do Piseiro’

Não faz tanto tempo assim que o piseiro “Bebe e Vem Me Procurar” passou a ser uma das músicas mais tocadas nas rádios e nas plataformas de streaming. Foi esse sucesso que projeto o cantor petrolinense Vitor Fernandes não somente no Nordeste, mas em todo Brasil. O clipe lançado há quase 1 ano e sete meses, e que teve participação de Wesley Safadão, já rendeu quase 13 milhões de views no Youtube. Um sucesso!

 

O que muita gente não sabe é que a canção foi gravada com um simples playback na própria casa de Vitor, que é nascido e criado no Núcleo 6 do Projeto Senador Nilo Coelho, na zona rural da cidade pernambucana. A gravação aconteceu sem nenhuma pretensão ambiciosa. Inicialmente seria gravada no estilo sertanejo, mas posteriormente ganhou uma adaptação, virando esse que virou um dos ritmos mais tocados na atualidade: o piseiro.

 

A história de Vitor, entretanto, foi de muita batalha. Ainda criança começou a trabalhar no campo, sempre na companhia dos pais. Profissionalmente, começou ao cantar aos 15 anos, e em pouco tempo ganhou notoriedade nacional. Prova disso são os números: hoje, o petrolinense soma mais de 570 mil seguidores no Instagram, e quase meio milhão de inscritos em seu canal no Youtube. Além de “Bebe e Vem Me Procurar”, acumula outros sucessos, como “Rei do Piseiro (Joga Água”), também com quase 13 milhões de visualizações, e o mais recente, lançado com Tarcísio do Acordeon, que, em menos de um mês, já tem quase 6 milhões de visualizações no Youtube.

foto: reprodução/Instagram

Compartilhar agora
X