DICA DE SÉRIE: O assassino de Valhalla é uma pedida para maratonar na quarentena

Sabe aquela série de suspense policial que a gente não quer parar de ver ???? Se preparem que essa é Islandesa viu…..

 

 

Kata é uma investigadora da cidade de Reiquiavique, capital da Islândia. Com poucos crimes, é um lugar seguro, até um brutal assassinato chocar o país. Um homem foi encontrado com inúmeras facadas e com os olhos cortados. Dias depois, outro crime exatamente igual acontece, o que faz os policiais buscarem conexões entre os assassinatos. Seria um serial-killer? Buscando reforços para intensificar as investigações, a polícia de Reiquiavique chama Asnar, um policial islandês que reside na Noruega. Ao lado de Kata, ele será responsável por desvendar o “maior crime da história da Islândia” (segundo a imprensa local) e, claro, parar um cruel assassino em série.

 

 

Cada episódio da série é muito bem dirigido. O roteiro é muito competente e capaz de prender o público do início ao fim. Com algumas reviravoltas muito interessantes e realmente inesperadas, é uma produção de muita qualidade. A narrativa é fluida, não enrola, tem um ritmo acelerado, perfeito para tramas desse gênero. A fotografia fria e nebulosa colabora bastante com a atmosfera de tensão e suspense da série.

 

Não se sabe se haverá segunda temporada, esperamos que sim, mas enquanto isso…vamos maratonar ???

SEE YOU NEXT WEEK…….

Compartilhar agora
X