Chesf anuncia aumento da vazão da barragem e Orla Nova de Juazeiro pode ser afetada

Com o lago de Sobradinho acima dos 80% da sua capacidade de armazenamento e com a Barragem de Itaparica numa média 30%, a Chesf anunciou hoje (14), em comunicado, o aumento da vazão na Barragem de Sobadinho para 1.600 m3/s já a partir da 00h00 desta quarta-feira (15).

 

De acordo com a Chesf “Em continuidade ao processo de divulgação de informações a respeito da operação dos  reservatórios da Bacia do São Francisco, comunicamos que a defluência média diária da UHE Sobradinho será elevada para a faixa de 1.600m3/s a partir das 00h00 de amanhã, 15/04/2020, afim de atender a diretriz de armazenamento mínimo em Itaparica de 30% do volume útil”, diz trecho do comunicado.

 

Na nota, a Chesf comunica que o aumento da vazão em Sobradinho de 800 m3/s para 1.300 m3/s e agora para 1.600 m3/s deve-se ainda ao fato de Xingó ter necessitado aumentar sua vazão “para contribuir com a melhora na qualidade dá água na região do Baixo São Francisco”.

 

A Chesf comunicou ainda que é possível um aumento da vazão de 1.300 m3/s em Xingó nos próximos dias, o que poderá elevar ainda mais a vazão em Sobradinho, com alerta para que áreas ribeirinhas situadas na calha do rio sejam desocupadas.

 

Em Juazeiro, a Ilha do Fogo, que já teve parte das suas areias encobertas deve ficar impraticável para os banhistas e com sérios riscos para quem não tem boa prática de natação, devendo ser evitada.

 

Na Ilha do Rodeadouro, principal balneário turístico da região, as águas, que já estavam praticamente dentro do espaço das barracas, devem avançar consideravelmente a partir desta quarta-feira (15). O local, que já não vinha sendo frequentado em virtude das proibições pelo coronavírus, deve ficar ainda mais isolado nos próximos dias. (Fonte: RedeGN)

Compartilhar agora
X