Covid-19: Bahia segue Pernambuco e também autorizará vacinação de crianças sem prescrição médica

A Bahia também não exigirá prescrição médica como elemento obrigatório para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. Mais cedo, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, também havia anunciado a decisão, que contraria a recomendação do Ministério da Saúde. Segundo a Sesab, mais de 1,3 milhão de crianças com idades entre 5 e 11 anos, estão aptas a tomar a vacina na Bahia, que deve ser disponibilizada a partir de janeiro de 2022.

 

“A medida contraria a recomendação do Ministério da Saúde por ela ser descabida, tendo em vista que a segurança da vacina da Pfizer foi atestada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e que o imunizante já foi aplicado em mais de 7 milhões de crianças no mundo”, afirma a secretária da Saúde da Bahia, Tereza Paim.

 

A titular da pasta estadual da Saúde ainda ressalta que “não podemos exigir que, neste momento, com tantos agravos da saúde, em meio a uma pandemia, a surtos de H3N2, enchentes em algumas regiões do Brasil, incluindo a nossa Bahia, crianças não possam ter acesso ao imunobiológico”, afirma Tereza Paim.

Compartilhar agora
X