Com prefácio do jornalista Zé Raimundo, Victor Flores lança livro infanto-juvenil neste Dia das Crianças

Neste Dia das Crianças, 12 de outubro, a garotada vai ganhar um presente super especial do ambientalista Victor Flores. Ele lança Tita e o Mistério do Velho Chico, seu primeiro livro infanto-juvenil, na programação da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, no Recife. A obra tem prefácio escrito pelo jornalista José Raimundo de Oliveira, o nosso Zé Raimundo, referência do telejornalismo brasileiro e que acompanhou de perto a trajetória das Ararinhas-azuis de Curaçá, irmãs da Tita, a ararinha-azul mais simpática do Vale do São Francisco e protagonista do livro.

 

Devoto da natureza e da simplicidade, Zé Raimundo lembrou de quando as ararinhas-azuis foram consideradas extintas na natureza, em outubro de 2000. “O macho não abriu mão de sua paixão pela Maracanã e nem deu bolas para a linda Spix pernambucana. (…) De repente, sumiu, nunca mais foi visto. Não se sabe se foi levado por um traficante ou se foi abatido por um gavião. Extinguiu-se então, na natureza, uma das aves símbolos do Brasil, exclusiva do nordeste brasileiro. Mais recentemente, casais da espécie, nascidos e criados em cativeiros na Europa, foram trazidos de avião da Alemanha para uma tentativa de reintrodução. (…) É a grande esperança de Tita e todos nós. Ainda hei de vê-las no sertão. Voando no céu de Curaçá…”, sonha o jornalista contador de histórias ao escrever o prefácio do livro.

 

É uma obra que venho trabalhando com muito carinho pra levar essa mensagem de preservação da ararinha-azul, levando a representatividade da caatinga pra outros biomas através da literatura, em um projeto que também conta com audiovisual, num grande momento da minha carreira profissional, com um start em grande estilo num evento internacional na capital pernambucana e com o respaldo de um jornalista como o Zé Raimundo, conhecido, admirado e respeitado no Brasil e no mundo”, celebra Victor Flores.

 

O LIVRO

 

Publicado pela editora ViuCine, Tita e o Mistério do Velho Chico será lançado durante a plataforma principal de lançamentos da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, partir das 15h, no Centro de Convenções de Pernambuco. Aprovado pelo Ministério do Turismo do Brasil, através da Lei Rouanet e fomentado pela multinacional Bayer, o projeto tem como objetivo promover a leitura entre às crianças das escolas públicas do Vale do São Francisco, incentivar a preservação do meio ambiente, além de promover o conhecimento sobre a região do nordeste brasileiro. Com 75 páginas, a obra conta a história de Tita filha única de Lavareda, caçador de pássaros bastante conhecido no Sertão do São Francisco. Após ganhar uma sanfona mágica do seu pai, Tita se envolve numa história de mistério e magia. Agora, cuidar da natureza passa ser a única alternativa para solucionar o mistério do Velho Chico.

Compartilhar agora
X