CHECK NOTÍCIAS: É falso que Eriksen tomou vacina da Pfizer antes de mal súbito em jogo da Eurocopa

Circula pelas redes sociais que o jogador de futebol Christian Eriksen, que teve uma parada cardíaca durante uma partida de futebol no último sábado (12), teria sido imunizado com a vacina da Pfizer em maio. O texto diz que o meio-campista, jogador da Inter de Milão e da seleção dinamarquesa, supostamente, teve um coágulo sanguíneo ou miocardite na ocasião, o que estaria conectado com sua vacinação. Entretanto, a informação analisada pela Agência Lupa é falsa.

 

 

Em entrevista ao canal Rai Sport, o diretor executivo do Inter de Milão, Giuseppe Marotta, disse que o jogador Christian Eriksen ainda não foi vacinado contra a Covid-19, e que ele nunca teve a doença. O médico da equipe, Piero Volpi, disse ao jornal Gazzetta dello Sport que Eriksen não havia mostrado sinais anteriores de um problema de saúde e que o caso ainda precisa ser avaliado.

 

Mal súbito – No sábado (12), em Copenhague, Eriksen teve um mal súbito em campo durante partida entre a Dinamarca e a Finlândia, válida pela primeira rodada da Eurocopa. O médico da seleção dinamarquesa, Morten Boese, disse que o jogador teve uma parada cardíaca. O motivo desse problema de saúde ainda não está claro, já que exames anteriores não apontavam problemas de saúde. A Federação Dinamarquesa de Futebol informou na segunda-feira (14) que a atual condição de saúde de Eriksen é “boa” e “estável”.

 

*com informações Agência Lupa

foto: reprodução

Compartilhar agora
X