Bolsonaro vai se filiar ao Partido da Mulher Brasileira para a disputa das eleições 2022, diz colunista

Mais de um ano após deixar o PSL, o presidente da República, Jair Bolsonaro, irá se filiar a um novo partido. Segundo o Blog do Nolasco, do R7, a sigla escolhida será o Partido da Mulher Brasileira (PMB), cujo número eleitoral é 35. Uma das primeiras medidas será a mudança do nome do partido.

 

O PMB atualmente é um partido pequeno, sem representantes no Congresso Nacional. O maior destaque vai para os três deputados estaduais que possui: Diogo Senior, no Amapá; Neto Loureiro, em Roraima; e Maria Bethrose Fontenele Araújo, no Ceará.

 

Bolsonaro será o presidente do partido ou presidente de honra, e ainda de acordo com o blog o objetivo deste controle partidário é evitar o desgaste que sofreu quando ingressou no PSL, que lhe garantiu a disputa da sucessão ao Planalto em 2018. O presidente se desfiliou da sigla em novembro de 2019, quando a convenção nacional reconduziu Luciano Bivar (PE) ao comando do partido.

 

Com a filiação, Bolsonaro encerra o projeto de criação do Aliança pelo Brasil – um partido de direita que nasceria para abrigar dissidentes do próprio PSL e de outras siglas.

Compartilhar agora
X