Após abandonar reunião com conselho, reitor pró-tempore da Univasf emite esclarecimento

No último dia 30 maio, durante uma reunião on-line com o Conselho Universitário (Conuni), o reitor pró-tempore Paulo Cesar Fagundes Neves se retirou da sessão de transmissão de forma repentina, o que causou estranheza por todos participantes (VEJA AQUI A MATÉRIA)

 

Após repercussão, o professor emitiu uma nota de esclarecimento sobre o ocorrido, veja abaixo na íntegra:

 

“Não é desconhecido que o ambiente político da UNIVASF encontra-se tensionado pela nomeação de um Reitor Pro Tempore, o que acontece pela segunda vez na sua história recente. Tal situação é motivada por previsão legal, e ocorrerá sempre que houver vacância dos cargos de Reitor e Vice-Reitor, situação que ocorreu em meados de abril deste ano com o fim do mandato da então reitoria.

 

Esclareço que, como gestor pro tempore da UNIVASF, me encontro debruçado diuturnamente no atendimento dos interesses administrativos e acadêmicos desta Instituição, procurando manter seu pleno funcionamento, atuando de forma articulada com a sua missão, o que abrange a manutenção do seu nível de governança, seja na área acadêmica, administrativa e mesmo das suas conexões sociais e políticas, que a mantém ativa e proativa. Somos uma universidade gigante e importante para todo o semiárido nordestino.

 

A nomeação de um Reitor com mandato definitivo é esperada por toda a comunidade universitária e, provavelmente, o único instrumento saneador desta atual crise, mas sua concretização não depende deste Reitor e, no momento, tampouco do Governo Federal.

 

Em 01 de junho de 2020.

PAULO CÉSAR FAGUNDES NEVES

Reitor Pro Tempore

Compartilhar agora
X