Ahhh, não! Por falta de insumos, preço da cerveja deve aumentar neste fim de ano

É, 2020 ainda não acabou bem como as consequências da pandemia de coronavírus. Entre elas, a falta de insumos, como embalagens de vidro e alumínio, está causando um problema sério para algumas empresas neste fim de ano. Prova disso é uma notícia não tão boa: está faltando cerveja nas prateleiras dos supermercados e o preço da bebida deve subir.

 

De acordo com um estudo desenvolvido e publicado pela Neogrid, empresa de Joinville especializada no monitoramento da cadeia de suprimentos, a falta de cerveja chegou a 10% em novembro de 2019. Já em novembro deste ano, a escassez do produto bate quase 20%, um recorde para a categoria: “A raiz do problema está na cadeia produtiva e na falta de insumos para a produção de embalagens de vidro e alumínio. Ainda não é o caso de desabastecimento, mas uma luz de alerta se acende”, diz o texto da pesquisa.

 

Segundo o jornal Estadão, o problema atinge também as microcervejarias. Além de latas e garrafas de vidro, os pequenos produtores estão com dificuldades para receber rótulos e até caixas de papelão. Infelizmente, a conta será repassada para os consumidores.

 

Com essas dificuldades, as empresas que conseguirem levar seus rótulos às prateleiras terão de aumentar os preços para arcar com os novos custos de produção. (Metrópoles)

Compartilhar agora
X