20 suspeitas de reinfecção por covid-19 estão sendo investigados no Brasil

20 casos suspeitos de reinfecção pelo novo coronavírus estão sendo investigados no Brasil pela Universidade de São Paulo (USP) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). São 16 investigados em São Paulo e 4 no Rio de Janeiro. O primeiro caso é de uma técnica em enfermagem de 24 anos que voltou a ter sintomas da doença no início do mês, pouco mais de 1 mês após testar positivo para covid-19.

 

A infectologista Anna Sara Levin, professora titular e presidente da Comissão de Infecção Hospitalar do Hospital das Clínicas citou que há diferentes hipóteses a serem consideradas. Uma delas é a de que os pacientes não desenvolveram imunidade para o novo coronavírus e voltaram a se infectar. A outra é a de que o novo coronavírus funcione, em alguns casos, como o vírus da herpes, que permanece no corpo da pessoa e é reativado quando a imunidade cai. A pesquisadora, entretanto, subestima essa explicação.

 

Ontem (24), cientistas em Hong Kong anunciaram a confirmação do 1º caso no mundo de reinfecção pelo novo coronavírus. A Organização Mundial de Saúde (OMS) já reforçou a possibilidade de reinfecção, embora tenha alertado que não há necessidade de pânico. Hoje (25), foi a vez da Bélgica e da Holanda também anunciaram casos de reinfecção.

foto de Erasmo Salomão/MS

Compartilhar agora
X