Técnico da Juazeirense, Francisco Diá, pede para sair e diretoria aceita: “Minha presença não foi bem aceita”

Logo depois da derrota da Juazeirense pelo placar de 5×2 para equipe da Jacuipense, o treinador Francisco Día informou que não tinha condições de continuar no comando do Cancão de Fogo e, principalmente, deixou claro que estava com problemas no vestiário e que não se sentia bem.

 

“Na minha história como treinador nunca perdi um jogo por mais de 3 gols, sempre fui um vencedor e sinto que minha presença não está sendo bem aceita”, disse à imprensa.

 

Sem disparar nomes, sendo cauteloso, Diá relatou alguns problemas de aceitação de seu trabalho dentro do grupo, mas assumiu a responsabilidade pela derrota.

 

Em nota oficial divulgada após o jogo deste domingo, a Juazeirense informou que a diretoria já trabalha para anunciar novo técnico nas próximas horas.

Compartilhar agora
X