TÁ SUBINDO TUDO: Preço das passagens de avião também deve aumentar, devido alta dos combustíveis

A alta de preços dos combustíveis anunciada pela Petrobras deverá impactar os preços das companhias aéreas. A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) disse que o QAV, combustível usado na aviação, responde por mais de um terço dos custos do setor. A Abear afirma defender “medidas emergenciais de contenção de preços que possam ser tomadas durante a vigência do conflito incluam o QAV, amenizando dessa forma a crise do setor”.

 

“A Abear, acompanhando permanentemente o impacto da guerra na Ucrânia para os valores do barril de petróleo, constata que as cotações se aproximam de US$ 140, maior valor no país desde 2008. Isso pressiona ainda mais o já elevado preço do QAV, que em 2021 alcançou seu maior patamar, acumulando alta de 76,2%, superando as variações do diesel (+56%), gasolina (+42,4%) e gás de cozinha (+36%), segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)”, diz a nota.

 

A Latam afirmou em nota ao G1, que os preços de combustíveis têm impacto relevante no custo de operação e o atual cenário demanda que a passagem fique mais cara. A Gol não se manifestou por estar em período de silêncio, medida que antecede à divulgação do balanço da empresa. Já a Azul afirmou que lamenta a guerra e diz que, além das irreparáveis perdas humanas, o conflito também traz “consequências devastadoras para todos os setores da economia no mundo”.

 

foto: Pixbay

Compartilhar agora
X