Segundo Ministro da Saúde, 19 de janeiro pode ser a data para início da vacinação no Brasil

O Ministério da Saúde planeja o “dia D e hora H”, ou seja, o começo da vacinação contra a covid-19 no País para a próxima terça-feira, 19, data em que governadores devem estar em Brasília para participar de reunião com o ministro Eduardo Pazuello. A cerimônia, que teria o slogan “Brasil imunizado, somos uma só nação”, ainda não foi confirmada, mas pretende vacinar uma pessoa idosa e um profissional de saúde para o start inicial.

 

Em pronunciamento na manhã desta quarta (13), o ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse que “a vacina será distribuída simultaneamente em todos os estados, na sua proporção de população”. Ele ainda alertou que a população deverá compreender que o início da imunização não significa ir para “rua fazendo festa”:

 

“A vacina induz a produção de anticorpos, essa é a função da vacina, ela vai induzir a produção de anticorpos. Quem produz os anticorpos é o próprio ser humano. Essa produção de anticorpos não é no dia seguinte. A literatura fala de 30 a 60 dias. Não é tomar a vacina no dia 20 e no dia 22 estar na rua fazendo festa. Nem vai resolver o problema da infraestrutura e do tratamento precoce de Manaus”, disse Pazuello.

 

Pazuello ainda confirmou que um avião sai do Brasil hoje (13) para buscar as duas milhões de doses da vacina da Oxford contra a Covid-19 na Índia: “As doses devem chegar no Brasil no dia 16 de janeiro. “É o tempo de viajar, apanhar e trazer, já está com documento de importação pronto […]. Então quando nós tivermos a posição da Anvisa, temos material distribuir e temos capacidade para vacinar no país todo”, disse.

 

Em tempo, a Anvisa deverá se pronunciar sobre as liberações das vacinas da Oxford e Coronavac neste domingo, dia 17.

Compartilhar agora
X