Secretário de Saúde da Bahia critica realização de lives e ainda diz que “pessoas vão para a rua se infectar e depois vão para as UPAs”

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, criticou na manhã desta segunda-feira (15) a produção de lives e shows online realizados pelos artistas, e disse que o momento atual não pede comemorações.

 

“Isso é muito triste, porque revela duas coisas: primeiro, a falta de sensibilidade das pessoas com o momento que estamos vivendo, de mortes em número crescente. Eu sou contra essas lives que estão sendo feitas de cantores. Não é momento de estar comemorando nada. É momento de estarmos constritos, lamentando, preocupados. E não celebrando, fazendo festinha em apartamento, casa ou live transmitida pela internet. Eu não concordo com isso”, afirmou o secretário.

 

Vilas-Boas disse que há um “descompromisso com a saúde pública” por parte da população, e a classificou a realização de festas em locais fechados como irresponsabilidade. Mesmo com o decreto estadual que proíbe aglomerações e, com isso, também a suspensão do carnaval, festas clandestinas e aglomerações foram registradas em Salvador e outras cidades, no último fim de semana.

 

O secretário disse também que o sistema de saúde no estado chega a registrar até 100 pessoas aguardando vagas de tratamento intensivo nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA). E as aglomerações causadas por causa dos eventos têm provocado um trabalho maior dos profissionais da Saúde:

 

“A segunda coisa que isso revela é total descompromisso com a saúde pública. Uma irresponsabilidade. Estamos chegando ao ponto em que, de um dia para o outro, chegam a ficar até 100 pessoas aguardando nas UPAs vagas de UTI. E nós, do lado de cá, dentro de um trabalho imenso para conseguir alocar, o mais rápido possível, o recurso que vai salvar vida para essas pessoas. E as pessoas vão para a rua, vão se aglomerar, se infectar. Depois vão para as UPAs fazer com que a gente tenha que correr nesse desespero para conseguir criar mais leitos”, disse.

Compartilhar agora
X