Renato Feder, cotado para ser Ministro da Educação recusa convite de Bolsonaro: “Desejo sorte”

Postamos no último dia 03 de junho, que o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder teria sido convidado  pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir o Ministério da Educação. Só que neste domingo (05), Feder decidiu recusar o convite.

Feder afirma que não assumirá o cargo por decisão própria e deu detalhes do contato feito por Bolsonaro. Disse ainda que manterá o trabalho desenvolvido no Paraná: “Recebi na noite da última quinta-feira uma ligação do presidente Jair Bolsonaro me convidando para ser ministro da Educação. Fiquei muito honrado com o convite, que coroa o bom trabalho feito por 90 mil profissionais da Educação do Paraná. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro, por quem tenho grande apreço, mas declino do convite recebido. Sigo com o projeto no Paraná, desejo sorte ao presidente e uma boa gestão no Ministério da Educação.” (Redação Portal Zap)

Compartilhar agora
X