Projeto da Ilha do Fogo que circula nas redes é possível de ser realizado? Portal Zap tem a resposta, se liga:

Você deve ter visto nas redes sociais nesta segunda-feira (15), um projeto de revitalização da Ilha do Fogo, criado pelo artista plástico Ranilson Viana em parceria com o Designer Diego Costa.

 

O espaço teria um museu do Velho Chico, contando a história do Rio São Francisco, Feira do Artesão, restaurante com Mirante, espaço para teatro a céu aberto e shows e fonte com monumento do estado laico. Além disso, duas estações teleféricas iriam ligar a ilha à orla, trazendo visitantes do mundo todo.

 

 

Uma maravilha, né? Pois é, mas toda essa reestruturação não passa de um sonho. Assim que nós do Portal Zap recebemos as fotos e detalhes sobre o projeto, fomos atrás de pessoas que estão por dentro de tudo que se refere à ilha que divide Petrolina e Juazeiro e nos contaram sobre a viabilização de um projeto como esse.

 

Um deles foi Iuric Pires, que já ocupou a secretaria de Turismo em Petrolina na gestão Julio Lóssio e hoje é Superintendente de Projetos e Convênios da Prefeitura de Juazeiro. Ele nos contou que a revitalização já foi pensada diversas vezes, inclusive com implementação de ilhas digitais e apoio às startups da região nos prédios já existentes. Porém, falta de recursos sempre impediram que a ideia fosse pra frente: “Ideias não faltam para nossas cidades. Aqui tem muita gente capaz, porém recursos e a vontade política, principalmente do Governo Federal, para liberar os recursos, sempre complicou as ações” disse Iuric.

 

 

Além disso, Iuric fez questão de lembrar que o local precisa de estudos, pois há impactos ambientais: “O Rio encheu agora e tomou boa parte da área de banho. Portanto, nem tudo que está neste projeto [que citamos acima] poderia ser executado, pois há uma margem de rio que avança, principalmente com a chegada das chuvas” completou.

 

 

Um outro ponto muito importante, é que por conta do código ambiental, aquela localidade só pode ter 5% de edificação. Para se ter ideia, não é permitido fazer podas de árvores na margem do rio.

 

Por fim, era uma belíssima sugestão, mas por ora, infelizmente, não veremos algo parecido tão cedo. (Redação Portal Zap)

Compartilhar agora
X