Prefeitura de Juazeiro investe na ampliação e qualidade dos serviços de saúde e reforça assistência à população

O primeiro ano da gestão da prefeita Suzana Ramos foi, sem dúvidas, de muitos avanços em diversas áreas, trazendo progresso para a população de Juazeiro. Uma das áreas prioritárias em que foram investidos recursos e muito trabalho, foi a Saúde. Ao longo desse período, muitas melhorias foram obtidas, tanto na rede de Atenção Básica, quanto na Rede de Atenção Especializada.

 

A prefeita Suzana Ramos falou das melhorias e investimentos no setor e projetou mais realizações. “A saúde não poderia estar fora desse processo de evolução, pois Juazeiro estava necessitando de muitas melhorias. Finalizamos o primeiro ano de gestão com avanços significativos e com a certeza de que vamos promover muitas outras realizações para melhorar, ainda mais, esse setor tão importante para o nosso povo”, declarou Suzana Ramos.

 

UBSs reformadas

 

Neste primeiro ano, 10 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) já foram reformadas e outras 13 estão no cronograma para readequação. O secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Costa, explica o cenário no início do ano e destaca o processo de melhoria. “Nós pegamos toda a estrutura da Atenção Básica, muito desestruturada, precisando de reformas, de muitas readequações. Iniciamos as adequações, fazendo as reformas em 10 unidades e outras 13 já estão programadas. Isso não quer dizer que vamos parar por aí. Nós temos 54 unidades físicas e a intenção é que, até o decorrer do mandato, a gente faça a reforma de todas elas”, disse Fernando Costa.

 

Readequação Hospital de Campanha

 

Para realizar atendimentos de qualidade aos pacientes com Covid-19, foi preciso voltar as atenções também para o Hospital de Campanha de Juazeiro. O local não oferecia estrutura adequada para o tratamento de pessoas com o novo Coronavírus e, em 15 dias, foi readequado, ganhando mais equipamentos e nova estrutura. “Pegamos o Hospital de Campanha sem registro nenhum. Era somente um galpão, que chamamos até de clandestino, porque não tinha registro de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), que do Ministério da Saúde. Fizemos as readequações colocando sala vermelha, sala de triagem. Compramos aparelhos para criar os leitos de suporte ventilatório, que no auge da pandemia salvaram muitas vidas. Costumo dizer que se chegou até evitar que aquelas ambulâncias ficassem paradas nas portas dos hospitais com pacientes sem ter onde colocar. Apesar de que lá não funcionava como UTI, mas os equipamentos que tinham lá funcionavam salvando vidas da mesma forma como UTI”, disse Fernando Costa.

 

Reforma da UPA e Policlínica

 

Com a readequação do Hospital de Campanha, a UPA pôde voltar aos atendimentos de urgência e emergência, como antes. O local está passando por uma readequação na estrutura física. Com investimento de R$ 4 milhões, a UPA de Juazeiro terá a implantação de tomógrafo, raio-x digital, usina de oxigênio, onde vai ser possível produzir o oxigênio e o ar comprimido medicinal, e outros equipamentos importantes para a manutenção da vida como respiradores, gasômetros, monitores, entre outros.

 

As obras da Policlínica Municipal estão a todo vapor. No projeto há a construção de sete consultórios, além de consultório ginecológico, salas de raio-x, de mamografia, de pequenos procedimentos, endoscopia, entre outros. A obra de reforma da Policlínica Municipal tem prazo de entrega de até 8 meses. Estão sendo investidos cerca de R$ 900 mil para a parte estrutural da unidade.

 

Avanços no TFD

 

Quem precisa do serviço do Tratamento Fora do Domicílio (TFD) notou um serviço mais humanizado e um conforto com a mudança para uma nova casa em Salvador. O novo imóvel fica no bairro dos Barris, mais próximo dos hospitais que atendem os pacientes de Juazeiro. O ponto de apoio em Juazeiro, onde os pacientes aguardam para o embarque, também foi reformado. “Fizemos todas as readequações possíveis, inclusive na alimentação e com isso percebemos a satisfação dos usuários”, destacou Fernando Costa.

 

Implantação de Cirurgias Ginecológicas

 

Para suprir uma alta demanda de pacientes que tinham que se deslocar via TFD para Salvador, foram implantadas cirurgias de suspensão e bexiga e períneo. “Conseguimos melhorar o nosso contrato em relação às cirurgias ginecológicas e conseguimos trazer essas cirurgias aqui para o município para que essas mulheres não precisassem estar viajando para realizar este tipo de cirurgia. Aumentamos a quantidade também para melhorar o suporte à população”, enfatizou. A prefeitura aumentou em 100% o número de cirurgias ginecológicas, a exemplo de histerectomias.

 

Projeto “Saúde em Movimento”

 

Com a proposta de levar uma grande quantidade de serviços ofertados pela Secretaria de Saúde para mais próximo da população, a Sesau lançou o “Saúde em Movimento”. “Nós vamos de acordo com as necessidades do local. Se naquele bairro tem maior demanda de ginecologista, nós vamos levar este profissional. Se tiver uma demanda maior de ultrassonografia, nós vamos levar este exame. Ele não tem um formato idêntico para todos os locais. Buscamos levar a maior quantidade de profissionais e serviços, porque queremos que as pessoas recebam os serviços na porta de casa”, disse o secretário.

 

Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) João Paulo II

 

Na véspera de Natal, a população ganhou um novo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) do bairro João Paulo II. O prédio, que apresentava sérios problemas estruturais, foi todo reformado, dando mais qualidade aos atendimentos oferecidos à população. Para a readequação do CEO foram investidos, com recurso próprio, em torno de R$ 60 mil.

 

Requalificação do SAMU e Caps

 

A Secretaria de Saúde começou em janeiro de 2021 a fazer as adequações para requalificar o Samu com capacitação dos profissionais, equipamentos e ações administrativas e operacionais que envolvem o serviço. A Sesau fez as adequações e em 21 de janeiro de 2021, o Ministério da Saúde voltou a considerar o Samu de Juazeiro como qualificado para receber um aporte de mais de R$ 1,4 milhão por ano.

 

O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) foi requalificado, e além do recurso de R$ 105 mil que já recebia do Ministério da Saúde, passou a ganhar, desde junho deste ano, mais R$ 70 de cofinanciamento estadual. O CAPS II está em processo de requalificação com ampliação de profissionais e mudança de sede.

 

Reinauguração Cerest

 

Dando maior acessibilidade e visibilidade aos trabalhos, a Prefeitura de Juazeiro reinaugurou o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest). A nova sede fica na Rua Cícero Feitosa, n° 16, bairro Alagadiço, e atende uma preocupação da atual gestão municipal, em fornecer melhores condições de trabalho aos servidores do local.

 

Readequação do Cerpris

 

A Prefeitura de Juazeiro terminou a readequação no prédio do Centro Regional de Prevenção, Reabilitação e Inclusão Social (CERPRIS). A mudança foi necessária para a retirada do Alvará de Funcionamento do equipamento de saúde, que não era renovado desde 2018 por problemas na estrutura física.

 

O que vem por aí…

 

Já foi iniciada a informatização das UBSs, o que trará muitos benefícios para a população. A Prefeitura de Juazeiro está buscando mais recursos para investir na Saúde do município. A Maternidade de Juazeiro está passando por uma reforma para ampliação de leitos e também deve receber novos equipamentos. “O projeto de reforma da Maternidade está em andamento para que a gente possa fazer uma grande reforma. É um pedido da prefeita e nós estamos analisando tudo direitinho”, disse o secretário.

 

Juazeiro também adquiriu uma unidade móvel de atendimento odontológico que, em breve, estará realizando atendimentos em várias localidades, junto ao projeto Saúde em Movimento. As pessoas que estão em processo de reabilitação poderão participar de terapia de convivência com animal.

Compartilhar agora
X