Por quê a China lançou sonda espacial que provocou clarão no céu? Se liga:

Como explicamos nesta segunda-feira (23), o clarão no céu visto em diversas cidades no Brasil, inclusive aqui no Vale do São Francisco, aconteceu por que a China lançou com êxito a sonda espacial Chang`e-5 para recolher material da superfície lunar, na primeira missão desse gênero desde os anos 70. O lançamento da sonda foi feito nessa segunda-feira (23), a bordo do foguete Longa Marcha-5, a partir do Centro de Lançamento de Wenchang, na província de Hainão (sul): “A sonda entrou com precisão na órbita previamente estabelecida. A missão foi concluída com êxito”, afirmou o diretor do Centro de Lançamento e responsável pela missão, Zhang Xueyu.

 

De acordo com a agência de notícias estatal chinesa Xinhua, esta é uma das “missões espaciais mais complexas e desafiadoras” que a China já realizou: “A missão vai ajudar a promover o desenvolvimento científico e tecnológico do país e estabelecer uma base importante para futuros pousos tripulados na Lua”, disse o vice-diretor do Centro de Exploração Lunar da Administração Espacial da China, Pei Zhaoyu.

 

A Chang`e-5 deverá colocar vários módulos na superfície lunar para recolher cerca de dois quilos de amostras. A nave vai levar dois dias para chegar à superfície e a missão vai durar cerca de 23 dias, iinformou Pei. As amostras vão chegar à Terra em meados de dezembro.

 

CLARÃO NO CÉU 

 

Após a realização desta missão, um clarão no céu foi visto por milhares de brasileiros, inclusive aqui no Vale do São Francisco. Segundo especialistas, a luminosidade era uma pluma de combustível de um dos estágios do foguete “Longa Marcha 5”.

 

Com informações da Agência Brasil

Compartilhar agora
X