reprodução

Piloto é resgatado vivo após passar 36 dias perdido na mata

O piloto Antônio Sena, de 36 anos, foi resgatado neste sábado (6), após ficar desaparecido por quase 40 dias. O paraense fazia um voo entre os municípios de Alenquer e Almeirim, na região oeste do Pará, quando o avião em que estava parou de funcionar. 

 

Antônio foi encontrado visivelmente magro e debilitado. Ele contou que durante os 36 dias que ficou perdido na mata se alimentou com ovos de aves e frutas que pegava nas árvores da floresta. Todos os dias caminhava em busca de ajuda, até que encontrou coletores de castanha.

 

 

A região, que é de difícil acesso, impossibilitou a Força Aérea Brasileira (FAB) de continuar as buscas. Sem perder as esperanças a família fez campanha na internet e mobilizou pessoas para ajudar nas buscas. 

 

 

 Antônio Sena foi levado consciente e conversando para o aeroporto e de lá seguiu numa ambulância para receber os primeiros socorros. Ele contou como aguentou todos esses dias sozinho na mata: “A única coisa que me manteve forte para sair daquela situação foi pensar na minha família”.

 

Compartilhar agora
X