“O homem disparou”: conheça a história do jingle eleitoral genérico que estourou no Brasil

“O homem disparou”, definitivamente, virou febre neste ano de eleições. O jingle genérico está sendo o mais executado em todo país, em prol das candidaturas de inúmeros candidatos, independente de filiações partidárias. Tomou conta da internet, dos vídeos e anúncios publicitários, e nas propagandas eleitores de rua, rádio e TV. Mas você conhece ‘os bastidores’ da música? O Portal ZAP te apresenta.

 

O ponta pé de tudo se deu no início desse ano quando o empresário cearense Francisco Neto, que mora em São Paulo, foi procurado por um pré-candidato a prefeito do interior do Piauí, em busca de um jingle. Foi aí que o jingle “O homem disparou” foi apresentado. Composto pelo piauiense César Araújo, traz uma letra nova sobre um político qualquer, usando a melodia de “Menina pavorô”, uma música antiga da banda brasiliense Forró Perfeito.

 

Logo a música tomou conta da internet, chamando atenção do empresário paraibano Patrício da Costa, que mora em Recife e agencia o cantor cearense Karkará, do grupo Vilões do Forró. Visando a campanha, eles estavam montando um álbum só com esses jingles genéricos, e então chamaram César para participar e cantar sua faixa. A música foi então regravada e ganhou até um videoclipe. O ritmo? ‘Pisadinha’, uma vertente do forró que tem feito bastante sucesso no país. Uma segunda versão foi criada para candidaturas femininas, com o refrão que diz que “A mulher disparou”.

 

De uma coisa é certeza: o jingle, definitivamente, estourou em todo Brasil.

Compartilhar agora
X