Nas margens do Rio São Francisco, abertura oficial do Festival Edésio Santos encanta público

Forró, Pop e MPB foram alguns dos estilos que encantaram a primeira noite da ‘24ª Festival Edésio Santos – O mundo Canta Juazeiro’. A abertura oficial do evento, na Orla II da cidade, nesta quinta-feira (09), foi feita pela prefeita Suzana Ramos, que ouviu atentamente as 12 canções apresentadas na primeira noite de classificatória, ao lado do secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Sérgio Fernandes, e do ex-prefeito, Joseph Bandeira. Na página da Prefeitura no Youtube (https://youtu.be/tgJyWCPb6uY), mais de mil internautas acompanharam a transmissão.

 

A prefeita Suzana Ramos falou sobre a alegria de ver as apresentações dos artistas e a participação do público com a retomada do Festival de forma presencial, após uma edição totalmente online. “Eu estou muito feliz, depois desse momento de pandemia que nós passamos retomando aqui o Edésio Santos, uma tradição em nossa cidade, porque Juazeiro é um berço da cultura. Tenho certeza que vai ser um sucesso, como tem sido desde o início com o recorde de inscrições. Isso mostra que também que a turma está com vontade de cantar e nós estamos aqui para prestigiar”, ressaltou a prefeita Suzana Ramos, lembrando que o Festival segue até sábado, com início sempre às 19h.

 

O evento também marcou a retomada dos eventos culturais na cidade e o primeiro grande evento aberto ao público. “Estamos aqui, em frente ao rio São Francisco, cumprindo todos os protocolos de segurança da saúde e só poderia ser assim. Vivemos um período de pandemia e esse evento é um marco na retomada das festividades da nossa cidade, com a presença da prefeita, do ex-prefeito Joseph e da plateia que vibrou com as primeiras 12 canções apresentadas e até sábado tem muito mais”, frisou o secretário de Sérgio Fernandes.

 

O superintendente de Cultura e Turismo, Junior Mota, destacou o cuidado com a estrutura montada para receber o público. “Tivemos uma chuva hoje cedo para abençoar a primeira noite de Edésio, mas estamos aqui com tudo muito bonito, estrutura impecável. Uma noite de festa para celebrar a cultura. Batemos recorde de inscrições e até sábado teremos aqui grandes atrações, uma feira de artesanato de um lado, feira de gastronomia do outro, as pessoas se encontrando e reencontrando. Tenho certeza que será um grande Edésio”.

 

Festival da retomada cultural

 

Primeiro artista a se apresentar na noite, Carlinho Pajeú (Salvador/BA) reforçou a troca de experiências proporcionada pelo evento. “Festival sempre une muita gente boa e de muitos lugares do país. Isso nos propicia uma troca de experiências e é maravilhoso pra gente que é artista, principalmente, em meio a pandemia, termos oportunidades como essa. Eu fico bastante grato de poder participar deste festival”.

 

Em sua primeira vez no Edésio, a psicóloga Nara Shirley Augusto Cruz, aprovou o evento. “É muito importante fortalecer os eventos de cultura na região. Estamos saindo de nossas casas depois de tempo para ter acesso a um evento de qualidade. Isso é muito bom e eu espero que os próximos eventos sejam assim, tomando todos os cuidados de segurança. Tá tudo muito legal e que ano que vem aconteçam mais eventos como esse”, avaliou a espectadora.

 

A primeira noite do Festival foi encerrada com o show ‘Do meu coração nu’, de Zé Manoel, indicado ao Grammy Latino 2021. “O Edésio Santos foi o primeiro festival que eu participei. Eu já era músico, já compunha, mas eu não cantava e foi a partir do Edésio Santos que eu decidi ter uma carreira como cantor e compositor. Para mim é muita alegria estar de volta”, revelou o cantor, que fez o público levantar das cadeiras durante a sua apresentação

 

 

O Edésio Santos da Canção continua nesta sexta-feira (10), com a apresentação de mais 12 canções, o anúncio dos finalistas e com o show de Edy Star.

Compartilhar agora
X