Miguel Coelho dispara contra homem que rasgou rede usada para bloqueio na Orla de Petrolina

Um homem foi flagrado nesta terça-feira (14) cortando as redes de proteção usadas para bloquear o acesso de pedestres e ciclistas à Orla de Petrolina. Ele foi conduzido para delegacia da Polícia Civil para adoção das medidas legais cabíveis. Durante a ocorrência, o homem afirmou para a GCM que as redes estavam atrapalhando seu caminho, visto que estava de bicicleta.

 

Nas redes sociais, Miguel Coelho disparou contra a atitude: “Desculpem o desabafo, mas já é tão triste ver algumas pessoas ignorando os apelos que temos feito, caminhando pelas avenidas como se nada estivesse acontecendo, fazendo festinhas em casa com os amigos, além de não se sensibilizarem com as famílias dos mais de 73 mil brasileiros infelizmente já vitimados pela Covid-19, que é revoltante nos depararmos com algo assim. O cidadão, que segundo ele próprio, cortou a barreira que colocamos na Orla porque ela “atrapalhava o seu caminho”, não só tenta impedir a prefeitura de fazer o seu trabalho. Ele tenta impedir que as outras pessoas protejam suas vidas. As barreiras que instalamos e os pedidos que fazemos não buscam atrapalhar ninguém, mas impedir: impedir que os casos da Covid-19 continuem aumentando, impedir que precisemos passar ainda mais tempo com o comércio e os serviços suspensos, impedir que mais pessoas percam a vida. Ninguém desejou enfrentar o que estamos enfrentando, mas sem a colaboração de todos, não iremos vencer essa crise. A falta de consciência e de amor ao próximo é a nossa maior ameaça” disse o gestor.

 

Quem presenciar atos de vandalismo como esse, pode acionar a Guarda Civil Municipal, no 153, ou a Polícia Militar, ligando para o 190.

Compartilhar agora
X