Juliette lamenta morte de fã pela covid-19 e faz apelo: “A gente não pode fingir que está tudo bem”

Após receber notícias da morte de uma administradora de um de seus fã-clubes em decorrência da covid-19 e da internação de uma de suas melhores amigas, a campeã do BBB 21, Juliette Freira, usou as redes sociais para falar do cenário preocupante da covid-19 no Brasil e pedir a colaboração da população para que respeitem as medidas sanitárias de proteção a doença. Em vídeo, a ex-sister disse que tem medo de perder pessoas que ama, e deixou uma mensagem para os seus cactos, como chama seus fãs.

 

“São 440 mil mortos no Brasil, a gente não pode fingir que tá tudo bem, a gente não pode achar que a vida seguiu”, reforçou. “Depois que eu saí da casa, eu tive que enfrentar uma realidade bem dura. Perdemos pessoas queridas, familiares da minha equipe, colegas, amigos, Paulo Gustavo, e tantos outros que eu nem tive tempo de perceber ou de contar. É algo assustador e, eu quero muito usar todo esse amor que eu recebi, todo esse cuidado pra dizer pra vocês que vocês precisam se cuidar”, disse.

 

“Quem puder ficar em casa, fique em casa, protejam os que não podem. Muita gente precisa trabalhar, não tem como ficar em casa. Façam isso por eles, por favor. Confiem na vacina, nos cientistas, nos médicos, em pessoas que dão a vida por essa causa”, pediu a paraibana. “A gente não pode entregar essa luta, sem fazer o máximo que a gente pode. Eu quero muito, muito, muito, muito usar toda essa força que a gente mostrou, toda essa empatia em um reality, usar de forma positiva. A gente pode, sim, lutar contra isso”.

 

foto: reprodução/Instagram

Compartilhar agora
X