Instagram hackeado? Veja o que fazer se sua conta for invadida

Conhece alguém que perdeu a conta do Instagram recentemente? Casos assim parecem cada vez mais comuns nos últimos tempos, por diversas razões. Diante desse cenário, na quinta-feira (15), a rede social anunciou novas medidas para lidar com casos em que perfis são hackeados. Segundo o Instagram, a empresa também está criando novas formas de impedir invasões às contas de seus usuários.

 

O Instagram anunciou hoje uma nova página na internet para lidar exclusivamente com usuários que estão tendo problemas de acesso, ou que  podem ter sido invadidos. É o instagram.com/hacked. No endereço em questão, será possível reportar e resolver problemas de acesso à conta com facilidade.

 

Caso isso aconteça com você, basta digitar o endereço informado no link acima, no seu navegador para celular ou desktop. Na sequência, o usuário deve selecionar a opção que mais encaixa       em seu caso e escolher se esqueceu sua senha, se perdeu o acesso à autenticação em dois fatores, se acha que a conta foi desabilitada, ou se acredita que seu perfil sofreu uma invasão. Isso possibilitará várias maneiras de recuperar a conta quando se perde o acesso.

 

Então, após clicar no caso que mais se relaciona com seu problema, o usuário poderá seguir uma série de etapas listadas no site, e, assim, recuperar o acesso à sua conta. Nos casos em que há mais de uma conta associada com as mesmas informações, é possível escolher qual precisa de suporte.

 

Há ainda uma outra função para recuperar o acesso à conta, que começou a ser testada no início deste ano e já está disponível. Com ela, é possível pedir ajuda de amigos para confirmar sua identidade. Quando não conseguir acessar sua conta, você pode selecionar essa opção de recuperação, digitar uma senha que já foi usada na conta, e escolher dois amigos do Instagram para que verifiquem sua identidade. Eles receberão o pedido de verificação e, caso confirmem em até 24 horas, será possível criar uma nova senha para o perfil.

 

 

Com informações Hugo Gloss/UOl

Fotos: Divulgação

Compartilhar agora