Hospital em Petrolina (PE) ultrapassa média nacional de recuperação de pacientes graves acometidos pela Covid-19

Salvar vidas é a motivação que impulsiona os profissionais de saúde em todo o país no desafio diário do enfrentamento à pandemia. No Hospital Universitário de Petrolina, vinculado à Rede Ebserh/MEC (HU-Univasf/Ebserh/MEC), essa motivação, aliada à gestão de excelência e a investimentos que totalizam R$ 6 milhões disponibilizados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) para aquisições e contratações, levou a UTI Covid da Policlínica a registrar taxas de recuperação de pacientes em tratamento intensivo acima da média nacional.

 

Segundo dados de pesquisa realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), enquanto que o índice médio de recuperação no país é de 52,4%, a marca do hospital da Rede Ebserh é de 61,9% de cura, totalizando mais de 92 vidas salvas desde que o serviço foi disponibilizado, em março de 2020.

 

O importante índice obtido pelo hospital se torna ainda mais relevante ao considerar que o HU é hoje responsável por receber os pacientes mais graves da rede pública da região, comumente acolhidos já com complicações prévias e comorbidades. (Ascom)

Compartilhar agora
X