Família cobra resposta para crime que vitimou jovem de 28 anos, em Juazeiro, há sete meses

A família de César Medrado Fonseca, assassinado no dia 22 de maio deste ano nas proximidades do Mercado do Produtor, em Juazeiro, pede Justiça para o caso. Os familiares cobram da Polícia Civil e do Ministério Público, uma resposta sobre o caso, e citam ainda “a falta de atenção” das autoridades para o crime.

 

“Exigimos que a Justiça de Juazeiro dê um parecer. Queremos respostas e a sociedade também quer saber quem são os autores (assassinos) ou levaremos [o caso] em cadeia nacional [repercussão na imprensa], afim de chamar a atenção das autoridades competentes”, escrevem os familiares que desejam chamar atenção do presidente Jair Bolsonaro e do governador Rui Costa para a “insegurança pública vivida pela população juazeirense”.

 

César Magalhães Medrado tinha 28 anos quando foi assassinado. Ele deixou três filhos.

Compartilhar agora
X