ENTÃO VIAJA DE AVIÃO… Jovem que tentava chegar ao trabalho viralizou na internet ‘confrontando’ chefe mas disse que tudo foi resolvido da melhor forma; veja

Com a greve dos rodoviários no Rio, nesta terça-feira (29), a Prefeitura do Rio fez um apelo para que cariocas ficassem em casa — mas faltou combinar com os patrões. Mesmo com o Sindicato tendo anunciado a suspensão da greve no meio da manhã, diversos passageiros foram afetados. O Bom Dia Rio mostrou muitos trabalhadores tentando condução a qualquer custo por ordem dos chefes — espremidos nos poucos ônibus circulando ou pagando tarifas muito mais altas em vans. Uma das passageiras afetadas é a Ana Beatriz, de 23 anos, que trabalha como auxiliar de serviços gerais em um condomínio no Recreio, Zona Oeste da cidade.

 

A jovem viralizou na internet após, em entrevista ao Bom Dia Rio, o repórter perguntar como ela faria para chegar ao trabalho e ela responde que a chefe disse para dar um jeito e completou “De que jeito? Não sei. De avião, só pode. Porque não tem como, né, Dona Rosângela?”. O vídeo percorreu as redes sociais e os internautas não mediram esforços para sair em defesa da trabalhadora. Com frases como “Eu nem conheço essa Rosângela, e já não gosto dela…” e “A patroa tá disposta a pagar um Uber?”, a “patroa” se tornou a vilã da história.

 

O que ninguém esperava, nem mesmo Ana Beatriz, era a repercussão da entrevista. Ela conseguiu chegar no local de trabalho após 3h de sufoco e saiu em defesa da chefe. “Ficou tudo bem com minha patroa. Ela não é megera como falaram na internet. Ela é uma bênção. Somos amigas, e amanhã vamos voltar a trabalhar normal. Minha patroa é muito de coração. Ela é uma ótima pessoa”, disse em entrevista ao g1.

 

Foto: Reprodução

Vídeos: Bom Dia Rio e Guilherme Peixoto

Compartilhar agora
X