Enfermeira debocha da vacina contra Covid-19 e diz que tomou por que quer viajar

O Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória/ES abriu uma investigação para apurar a conduta da enfermeira Nathana Ceschim que publicou nas redes sociais um vídeo em que aparece sem máscara no posto de trabalho, durante o expediente.

 

A enfermeira publicou um stories desdenhando da aplicação da vacina Coronavac: “Tomei por conta que eu quero viajar, não para me sentir mais segura. Porque uma vacina que dá 50% de segurança para mim não é uma vacina. Tomei foi água”, disse de maneira equivocada no vídeo ( veja explicação no quadro no fim do texto por que).

 

Sobre a fala da enfermeira sobre a vacina, a Santa Casa esclareceu que, em hipótese alguma, compactua com este tipo de pensamento e que sempre defendeu a ciência: “Não seria agora que mudaria sua postura, em um momento tão difícil que todos estamos enfrentando. Acreditamos sim na vacina e esperamos que, em breve, não só os funcionários, mas toda a sociedade possa ser imunizada”, diz a nota enviada pelo hospital.

 

A vacina recebida pela enfermeira é a CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. A eficácia e a segurança da CoronaVac foram comprovadas em ensaios clínicos conduzidos no Brasil, inclusive com aval da Anvisa. Veja no quadro abaixo por que o que a enfermeira diz no vídeo não condiz com a verdade sobre a eficácia da vacina:

 

Compartilhar agora
X