EITA! Homem sugere “Gabriel de Arrascaeta” como nome de filho e é agredido por esposa

Uma suposta homenagem a dois ídolos do Flamengo terminou em confusão em Juiz de Fora, Minas Gerais. No último domingo, um homem de 21 anos alegou ter sido agredido pela companheira, de 20, por ele ter supostamente sugerido dar o nome de “Gabriel De Arrascseta” ao filho.

 

A informação foi veiculada pelo “Plantão JF” e confirmada pelo ge junto a fontes da Polícia Militar. Em conversa com os policiais que atenderam ao chamado, a vítima contou que levou um golpe com um copo na cabeça após sugerir batizar o filho com o nome, em homenagem ao atacante Gabigol e ao meia Giorgian De Arrascaeta.

 

A vítima, que informou aos policiais que a companheira estava grávida, se deslocou a um hospital particular e não quis registrar o Boletim de Ocorrência contra a autora, de acordo com relato policial escrito ao qual o ge teve acesso. As informações são do GE

Compartilhar agora
X