Duas notícias para encher seu coração de alegria em plena pandemia, confira:

1 – Casal de 88 anos supera junto o coronavírus

 

Guadalupe e José Prieto Cerrudo têm 88 anos (ele completa 89 neste mês) e superaram o novo coronavírus. Ele foi internado primeiro e ela, após alguns dias, acabou sendo internada, também com positivo para Covid-19, em um hospital, em Madri. Inicialmente, os dois ficaram em quartos diferentes. “Sentiam falta um do outro, não sabem estar separados. Meu pai, sobretudo. Meu pai é muito sensível, precisa que ela esteja com ele”, revelou uma das filhas do casal, Rosi Cerrudo.

 

José pediu, por favor, que Guadalupe ficasse no mesmo quarto. Seu médico, Jésus Lacasa, concordou. “Quando estão em quartos diferentes, a pessoa fica o tempo todo pensando como está o seu cônjuge. São casais que passaram a vida inteira juntos, sabem que o outro está mal e nem se preocupa consigo mesmo, só lhe importa como estará o outro”, comentou Lacasa.

 

Neste caso, Guadalupe estava melhor e mais ativa que José, que se encontrava mais adoentado.  Tanto é que, quando puderam lhe dar alta, respondeu que só sairia de lá com o marido. José começou a melhorar e, logo em seguida, teve alta. O casal saiu junto do hospital.

 

2 – Justiça destina R$ 2,5 bilhões da corrupção para a Saúde combater o coronavírus

 

A Justiça e o Ministério Público estão direcionando recursos recuperados em operações contra a corrupção para o combate ao coronavírus. Nas duas últimas semanas, ao menos seis decisões judiciais reverteram, para a Saúde, cerca de R$ 2,5 bilhões, dinheiro que havia sido devolvido aos cofres públicos por meio de acordos judiciais com empresas e delatores. Parte da verba já foi empregada para comprar respiradores pulmonares na Paraíba, luvas e máscaras para profissionais de saúde em Mato Grosso e testes sorológicos no Rio de Janeiro.

 

A verba destinada pela Justiça para lidar com a pandemia deve aumentar nos próximos dias. O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar a aplicação de R$ 51 milhões no combate ao coronavírus. O dinheiro foi encontrado dentro de malas no bunker do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB), em julho de 2017, na Bahia.

 

Além disso, o procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou hás 15 dias ao presidente do STF, ministro Dias Toffoli, um levantamento dos valores existentes em todas as contas judiciais do Brasil. As informações serão repassadas aos promotores e procuradores para que, em seus Estados, eles possam solicitar recursos para a Saúde. Aras também recomendou a promotores e procuradores que revertam recursos de acordos civis e penais para políticas de combate à doença.

Compartilhar agora
X