DEU RUIM: apagão de 48h afasta 4 mil turistas de Morro de São Paulo

Empresários de Morro de São Paulo, na Bahia, tiveram um grande prejuízo nesta semana, após um apagão que durou mais 48 horas na cidade. Entre 2 e 4 mil turistas deixaram o Morro, segundo estimativa da Associação Comercial Empresarial de Cairu (ACEC), que considera a situação como uma catástrofe sem precedentes. “Sem energia, não tinha bomba para encher o tanque de água, não tinha como conservar os alimentes e os restaurantes abrirem. Os turistas ficaram sem opção a não ser voltar para casa”, disse Christian Willy, presidente da instituição.

 

A Prefeitura ainda não tem uma estimativa de quanto foi o prejuízo financeiro. Em hotéis e pousadas, clientes foram embora sem pagar, pois, sem energia, não era possível fazer o pagamento por cartão de crédito ou pix, conforme contaram alguns empresários, segundo publicação do Correio da Bahia. Os únicos locais que conseguiram funcionar foram os que tinham geradores.

 

Segundo a Coelba, “a hipótese mais provável é que tenha sido causado por uma intervenção externa que provocou esforço mecânico na estrutura da linha de transmissão. As dificuldades de acesso ao local e as condições adversas do terreno – localizado em área de mata fechada e alagado devido às fortes chuvas -, dificultam a chegada de equipamentos e, consequentemente, da conclusão do serviço”, disse. A energia na cidade foi interrompida as 18h da segunda-feira (19) e só retornou por volta das 20h30 da quarta-feira (21).

 

*com informações Correio da Bahia

foto: Alex Oliveira/Fotos Públicas

Compartilhar agora
X