Delegado sobre a morte do menino Henry: ‘Não resta a menor dúvida sobre a autoria do crime’

O delegado Henrique Damasceno, responsável pela investigação da morte do menino Henry Borel, afirmou nesta quinta-feira (8) ter certeza de que o vereador Dr. Jairinho foi o autor das agressões que mataram o menino e de que a mãe dele, Monique Medeiros, foi conivente. O casal foi preso e indiciado por homicídio duplamente qualificado.

 

‘Não resta a menor dúvida, em relação aos elementos que nós temos, sobre a autoria do crime, dos dois’, disse o delegado sobre a morte de Henry que completou: “A investigação segue, a investigação não está encerrada no momento. Entretanto, já reunimos provas muito fortes, muito convincentes, a respeito de toda essa dinâmica e da participação de cada um deles”, acrescentou Damasceno.

 

A mãe e o padrasto do menino Henry Borel, morto com sinais de violência, foram presos por homicídio duplamente qualificado e também por tentar atrapalhar as investigações do caso e ameaçar testemunhas para combinar versões.

Compartilhar agora
X