Daniel Alves volta a se posicionar em meio a crise no país: “Eu não saí da roça, nem passei perrengue, para hoje viver solista”

Mais uma vez, o juazeirense Daniel Alves usou as redes sociais para opinar sobre o novo momento em que o país vive. Após declarações do presidente Bolsonaro, em rede nacional, que o país não pode parar por conta do Coronavírus, Daniel, em dois dias seguidos já se pronunciou. Na noite desta quarta-feira, 25, ele disse, entre outras coisas, que não saiu da roça, nem passou perrengue, para hoje viver solista. Veja na íntegra abaixo:

 

“Poderíamos como país ser uma potência mundial, mas em seguida penso; como podemos ser uma potência no mundo, se não nos importamos nem com quem tá do nosso lado? Hoje em posição privilegiada eu poderia me omitir de tudo, mas não, eu não sair da roça nem passei perrengue, para hoje viver solista. Desculpem, mas quero que saibam que existe um problema grave e devemos buscar a solução ou exigir que busquem. Estarei aqui se fizer falta todos os dia relembrando isso!! Sei que o problema é grave, sei que a sociedade padece de qualidade de vida, sei que as pessoas tem família grande pra alimentar e não tem finanças, sei de um monte de dificuldades porque também já passei um dia por elas.

 

Agora me expliquem aí: sem saúde, para que serve o dinheiro? Para que serve os bens? Para que serve a posição social? O que importa realmente; o que você vale ou o que você tem?

X