Daniel Alves sobre os protestos em combate ao racismo: “Colocar ódio pra fora é igualar ao infrator”

Na última quarta feira, ao vivo em entrevista a CNN Brasil, o Juazeirense Daniel Alves falou sobre os protestos que estão acontecendo por todo o mundo contra o racismo e fez algumas críticas aos antirracistas.

 

O juazeirense falou sobre a onda de protestos que estão acontecendo devido a morte do segurança negro George Floyd, asfixiado pelo policial Derek Chauvin em abordagem violenta filmada em Minneapolis, nos Estados Unidos. O jogador chamou de oportunismo aqueles que aproveitam pra se autopromover nessas situações.

 

Na oportunidade, o jogador do São Paulo relembrou o episódio da banana em 2014, quando jogaram bananas no campo durante partida. Daniel disse que “Não é a melhor solução, não podem achar que tudo é se posicionar em rede social”. Fazendo crítica aos antirracistas que se posicionam apenas em determinadas ocasiões.

 

Definindo-se como “ativista pacifista”, o lateral-direito sugeriu às pessoas “agirem todos os dias” contra os preconceitos, e não somente quando há repercussão midiática de um caso específico. “Assim a gente conseguirá harmonia social e humanitária”, afirmou.

 

Por Pablo Henri

Compartilhar agora
X