Covid-19: Intervalo para aplicação da dose de reforço é reduzido de cinco para quatro meses

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou neste sábado (18) a redução do intervalo mínimo necessário para a aplicação da vacina de reforço contra a Covid. O prazo passará de cinco para quatro meses. Atualmente, a dose de reforço é recomendada para todos os maiores de 18 anos – de preferência, com a aplicação de imunizante diferente em relação às doses anteriores.

 

“Para ampliar a proteção contra a variante Ômicron vamos reduzir o intervalo de aplicação da 3ª dose de cinco para quatro meses. A dose de reforço é fundamental para frear o avanço de novas variantes e reduzir hospitalizações e óbitos, em especial em grupos de risco”, escreveu o ministro em uma rede social.

 

Ainda de acordo com a postagem, a portaria oficializando a mudança será publicada na próxima segunda (20). Até esta sexta-feira (17), segundo os dados do consórcio de veículos de imprensa, a dose de reforço já tinha sido aplicada em 22.618.133 pessoas, o que representa 10,6% da população.

foto: Myke Sena/MS

Compartilhar agora
X