CLIMÃO: Regina Duarte interrompe entrevista ao vivo: “Precisei dá um chilique aqui”

Em entrevista à CNN na tarde de hoje (07), Regina Duarte, atriz e secretária de Cultura do Brasil, protagonizou um “climão” ao vivo.

 

Num dos trechos polêmicos, quando se falava de ditadura, Regina disse: “Sempre houve tortura, não quero arrastar um cemitério. Mas a humanidade não para de morrer, se você falar de vida, de um lado tem morte. Por que olhar para trás? Não vive quem fica arrastando cordéis de caixões, acho que tem uma morbidez neste momento. A Covid está trazendo uma morbidez insuportável, não tá legal!”, disse ela.

 

Em outro momento, este ainda mais tenso, a produção do programa colocou uma fala da também atriz Maitê Proença, que chegou a dizer que apoiou a decisão de Regina de assumir a secretaria, mesmo não concordando e cobrou da secretária e do próprio presidente da República, uma menção às mortes de grandes nomes da nossa cultura, como: Moraes Moreira e Aldir Blanc. Enquanto o vídeo era passado para o público, foi notado o desconforto de Regina Duarte com a fala da colega. No final, a secretária entendeu que o vídeo de Maitê se tratava de uma gravação antiga, mesmo os apresentadores confirmando que a gravação era desta quinta-feira (07) e decidiu encerrar sua participação: “Precisei dá um chilique aqui”.

 

Veja o vídeo abaixo:

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

CLIMÃO 😲 Regina Duarte minimiza tortura em entrevista ⤵ ⠀ Em entrevista à CNN na tarde de hoje (07), Regina Duarte, atriz e secretária de Cultura do Brasil, protagonizou um “climão” ao vivo. ⠀ Num dos trechos polêmicos, quando se falava de ditadura, Regina disse: “Sempre houve tortura, não quero arrastar um cemitério. Mas a humanidade não para de morrer, se você falar de vida, de um lado tem morte. Por que olhar para trás? Não vive quem fica arrastando cordéis de caixões, acho que tem uma morbidez neste momento. A Covid está trazendo uma morbidez insuportável, não tá legal!”, disse ela. ⠀ Em outro momento, este ainda mais tenso, a produção do programa colocou uma fala da também atriz Maitê Proença, que chegou a dizer que apoiou a decisão de Regina de assumir a secretaria, mesmo não concordando e cobrou da secretária e do próprio presidente da República, uma menção às mortes de grandes nomes da nossa cultura, como: Moraes Moreira e Aldir Blanc. ⠀ Enquanto o vídeo era passado para o público, foi notado o desconforto de Regina Duarte com a fala da colega. No final, a secretária entendeu que o vídeo de Maitê se tratava de uma gravação antiga, mesmo os apresentadores confirmando que a gravação era desta quinta-feira (07) e decidiu encerrar sua participação: “Precisei dá um chilique aqui”. ⠀ Veja os vídeos dos momentos 🎥

Uma publicação compartilhada por www.portalzap.com (@portalzap) em

Compartilhar agora
X