Cidadania afasta Fernando Cury após denúncia de assédio contra parlamentar

O deputado estadual Fernando Cury foi afastado de seu partido Cidadania nesta sexta-feira. Ele foi gravado passando a mão no seio da deputada Isa Penna (PSOL) durante sessão da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) na quarta-feira (16). A deputada, que afirmou que Fernando Cury estava bêbado, registrou um boletim de ocorrência contra o deputado por importunação sexual.

 

Em comunicado, o Cidadania afirma que a Comissão Executiva Nacional decidiu a afastar o deputado “de todas as funções diretivas partidárias, em todas as instâncias, bem como de todas as funções exercidas em nome do Cidadania, inclusive junto à Alesp”. O afastamento vai durar até a conclusão do processo no Conselho de Ética do Cidadania, que afirma que a decisão levou em consideração a gravidade do caso. A primeira reunião do conselho deve ocorrer às 20h30 de hoje.

 

Pelo regimento interno do Cidadania, Cury terá prazo de oito dias para apresentar sua defesa após recebida a denúncia do conselho. Entre as sanções que o grupo pode aplicar está a expulsão do deputado do partido.

Compartilhar agora
X