Cabeleireiro é esfaqueado e tem couro cabeludo arrancado por dupla em Salvsdor; família acredita em homofobia

Um cabelereiro foi esfaqueado, apedrejado e teve parte do couro cabeludo arrancado dentro do próprio apartamento na última terça-feira (21), no bairro Vila Ruy Barbosa, em Salvador. Rauan Pereira dos Santos, de 29 anos, segue internado em estado grave. A família acredita que trata-se de um crime de homofobia, já que conversas suspeitas com um vizinho e proprietário de uma peixaria que fica no prédio da vítima foram localizadas.

 

A 3ª Delegacia de Homicídios, responsável pelas investigações, trata o caso como tentativa de latrocínio, já que um aparelho celular, quantia em dinheiro e motocicleta foram subtraídos pela dupla, além da agressão. Câmeras de segurança serão analisadas e depoimentos de testemunhas serão colhidos. Uma perícia já foi realizada no local.

 

Segundo a irmã, o estado de saúde de Rauan é crítico, já que ele está em coma e respirando com ajuda de aparelhos e com traumatismo craniano. A vítima poderá ficar ficar com diversas sequelas devido as lesões na área nobre do cérebro. Rauan poderá ficar sem andar ou falar.

foto: reprodução/Instagram

Compartilhar agora
X